16 de jun de 2013

Homenagem à mulher

Olá, tudo bem? Primeiramente, deixe-me apresentar. Meu nome é Rodrigo Rossi, sou gaúcho de Caxias do Sul e possuo 23 anos. Sou escritor, tenho um blog sobre romance e crônicas que escrevo e já publiquei para outros blogs e jornais. Pode me encontrar também no facebook! Bem, a Cristielen me convidou para ser cronista do blog, então vocês irão ler muitas crônicas minhas todos os domingos! Vamos lá?


Tal qual um conto de fadas, o amor que sinto pelas mulheres difere de qualquer outro conto ou história que possa ser contada. Creio que as mulheres sejam, em essência, rainhas e deusas. Há muitas coisas que ainda não compreendo, mas em um ponto sou irredutível: a mulher é um constante de alegria, paixão, afeto, amor, sensualidade, bondade, sinceridade e esperança, e deve sempre ser tratada com todo o respeito e a admiração de um homem. Entre outros mil adjetivos, a mulher é um constante encantar e seduzir. Afinal, há livros e histórias sobre o modo peculiar de mulheres colocarem homens aos seus pés com um simples olhar. Ora, sou sincero em relatar que jamais deixei de conhecer uma mulher que pudesse, por um ou outro método, encantar um homem de modo a criá-lo como escravo. Todas as mulheres possuem em seu interior um poder oculto, muitas vezes adormecido, mas sempre disposto a encantar com magia desconhecida boas emoções em homens e garotos.
E você sabe o que mais me atrai em uma mulher? Pois é. Sou fascinado por seus olhos e por seus pés. Seus pés, bem, é fácil entender, já que adoro poder massagear e beijar, e sou um convicto admirador de tênis, meias e saltos altos. Verdadeiras armas que as mulheres nem percebem, mas que nós homens admiramos com sabedoria e temerosidade. Quanto aos olhos, a atração é mais complexa, porém mais bela e profunda. Creio que os olhos de uma mulher são os espelhos de sua alma. Você já deve ter olhado para sua amiga e, mesmo sem falar qualquer palavra, ter percebido se havia nela felicidade ou tristeza não? Pois é. Os olhos, quando verdadeiros e não manipulados, refletem o que se passa em nosso espírito. Sou fascinado por entender e admirar olhares femininos, pois sempre vejo-os banhados em luz, como se houvesse dentro da mulher um poder capaz de superar a bondade de Cristo!
Entretanto, se quiser me ver triste, sugiro que não pise em mim com seu salto, pois às vezes até pode ser algo benéfico. O que realmente me deixa abalado é mirar os olhos das minhas amigas e vê-los lacrimosos. Quem sabe por quais barreiras aqueles olhos tiveram de transpassar para chegar até ali? Quem sabe o peso do fardo que a mulher teve de suportar? Se quiser ver a tristeza em meus olhos, permaneça cabisbaixa e triste. Não suporto, pois é doloroso demais ver uma mulher aos prantos. Claro, pelo menos para mim esta é a realidade. Sinto uma aflição profunda, intensa, como quando o livro sagrado nos coloca que Adão e Eva sucumbiram e tiveram de sair do jardim maravilhoso.
Como admirador que sou, porém, você já deve ter notado o grande erro que fiz ao escrever este texto não? Será que não, com certeza? Sou grande admirador das mulheres, mas quedei-me a falar quase exclusivamente dos olhos e dos pés! Que grave erro este! Afinal, é impossível falar exclusivamente dos olhos, dos seios ou do bumbum de forma isolada, já que sabeis um conhecimento antigo: a mulher, enquanto verdadeira força onipresente do universo, é tão complexa e bem estruturada que não permite que adoremos partes isoladas de seu corpo, uma vez que uma parte é essencial à outra e ambas são fruto de um significado maior e amplo! É um pouco complicado, mas a mulher é a personificação da graça de Deus, e quanto a isso sou feliz em poder reconhecê-la e conhecê-la.

8 comentários:

  1. Grande Rodrigo Rossi!!! Desde que li um texto seu pela primeira vez, me tornei admiradora e fã nº 1 deste rapaz!! Parabéns, mais um lindo texto...

    ResponderExcluir
  2. Que conto maravilhoso, nunca fiquei tão feliz em ler um conto ao ver uma descrição tão linda das mulheres, adorei, beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Déborah, fico feliz que tenha gostado, de coração! :) Tu tens blog, site, alguma coisa? Beijos! ><

      Excluir
  3. Oii lindinha, adorei seu blog, achei super interessante essas escolhas de matérias para publicar, muito inteligente, da uma passadinha la no meu blog? http://impedosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Te achei então senhor fetichista? hahahaha não deixe que meu status civil impeça nossas conversas :) Tens o dom da palavra, não me tire isso!

    ResponderExcluir