22 de set de 2012

Refúgio

Tumblr_la0x7n1tpo1qbp0e3o1_500_large
Ultimamente a tristeza tem me invadido, os medos, as insegurasas estão me dominando. Não consigo mais esconder minhas tristezas e medos debaixo de sorrisos, mas também não consigo desabafar. Durante o dia eu brinco, rio, faço palhaçadas com meus amigos, mas quando chega a noite, simplesmente desabo. Isso está me tornando uma pessoa arrogante, uma pessoa de mau-humor diariamente ou até mesmo pra alguns tpm.Isso me acontecia de vez em quando, mas agora está se tornando rotina, por esse motivo que tenho me afastado do blog. Eu estou tentando me vencer, vencer meus medos, minhas inseguranças. Já pensei até em excluir o blog, me isolar, me afundar no meu eu, mas isso não vai fazer de mim uma pessoa melhor. Assim só irei me render aos meus medos e minhas inseguranças.
Nessas horas, nesses dias, só queria estar longe de tudo e de todos. Gostaria de fazer uma viagem para bem longe pra poder relaxar, respirar um ar fresco. Um ar que não tenha rotina, que não tenha horários, muito menos esse vazio. Mas ultimamente meu refúgio tem sido meu travesseiro, não preciso nem falar, ele escuta meu coração e seca minhas lágrimas.

Um comentário:

  1. Já passei por isso, e a dica que dou é escrever. Por que escrever? Quando escrevemos, nos colocamos frente-a-frente com os nossos problemas e muitas vezes conseguimos soluções para eles, escreva o que sente, os seus medos e inseguranças, o que te deixa frágil, o que te machuca, conte tudo a si mesma. Essa tática é usada por psicólogos, e creio que vai funcionar contigo do mesmo modo como foi comigo.
    Ah, fiz um texto tratando desse mesmo tema, se quiser lê-lo: http://florescerepalavrear.blogspot.com.br/2012/09/refugio-choro-dor.html

    ResponderExcluir